Mundos Colidem na FLIQ 2019

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima. E no capítulo desta semana da Caixa do Lima, vamos conversar sobre a Oficina de RPG que realizamos na FLIQ Natal 2019, que foi um evento muito especial para o coletivo Mundos Colidem, com muitas emoções e momentos divertidos e onde tivemos uma receptividade maravilhosa da organização do evento. E como dizem que a primeira impressão é a que fica, é justamente o que podemos dizer da FLIQ.

Quando nos aproximávamos da sala de oficinas, encontramos uma fila e pensamos: “essa galera não pode está esperando para jogar RPG, com certeza não”. Sim, a fila era para participar da Oficina de RPG, e já aproveito o ensejo para pedir desculpas ao pessoal que não conseguiu uma vaguinha — tínhamos apenas 20 vagas, para os mais de 40 visitantes que procuraram a sala de oficinas do evento para rolar uns dados com os nossos mestres.

Guia sobre Financiamento Coletivo de RPG

Yop! Eu sou Jards Medeiros, e esta é minha estréia na coluna Taverna no Fim do Multiverso. Minha ideia através dessa postagem é fazer um compilado sobre os financiamentos de livros de RPG no Catarse e Vakinha, de quantos são e como estão indo, já que esse modelo se tornou um meio de muitas editoras ou pessoas de trazerem seus projetos a tona. Conheci esse modelo em 2017, mas só comecei apoiar do ano passado para cá e nesse tempo, vi em alguns grupos no Facebook, pessoas comentando sobre como andava esse ou aquele projeto, então pensei em criar uma tabela para manter o controle sobre os meus, mas se já ia fazer essa pesquisa, por que não ter um pouco mais de trabalho e fazer uma tabela mais completa para compartilhar com os leitores do Mundos Colidem.

A Lenda do Alma-de-gato: Uma Aventura para Crianças Enxeridas

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima. No episódio desta semana da Caixa do Lima, venho com algumas novidades, entre elas uma aventura em modo panfleto para o minijogo Crianças Enxeridas, que vocês podem adquirir no Dungeonist. Uma outra novidade é a abertura da atividades da Biblioteca Lúdica Lápis e Dados, que funciona na Escola Municipal Professora Maria Dalva Gomes Bezerra, na zona norte de Natal/RN. Nessa atividade, as crianças conheceram o RPG e jogaram um sessão de Crianças Enxeridas, onde enfrentaram o temido Alma-de-Gato. Em breve pretendo trazer um texto abordando com mais ênfase a experiência das atividades da biblioteca.

Jornada ao Quilombo: um Jogo sobre Escravidão, Sonhos e Liberdade #Parte 2

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

No episódio desta semana da Caixa do Lima, vamos dar sequência ao artigo do último encontro, que falava sobre o Jornada ao Quilombo: Um Jogo Sobre Escravidão, Sonhos e Liberdade, construído durante minhas aulas sobre cultura e história dos povos afro brasileiros nas turmas do 6º ano do ensino fundamental. Com base no retorno dos leitores, vamos apresentar a aventura pronta do jogo, para os que desejam testar a sua funcionalidade, lembrando que este jogo tem o intento de rodar rapidamente e que a aventura carrega tabelas com situações aleatórias.

Jornada ao Quilombo: um jogo sobre Escravidão, Sonhos e Liberdade

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima. Nesta primeira postagem da Caixa do Lima no pós DOFFSP, vou resgatar um jogo que escrevi em 2017 (clique para ver o vídeo do playtest em sala de aula) para o uso nas aulas sobre história e cultura afro-brasileira, o Jornada ao Quilombo.

Nova Amsterdã: Os Mythos Invadem o Nordeste Holandês

O escritor H.P. Lovecraft povoou o imaginário de muitos leitores, principalmente o de muitos rpgistas, com seus contos de horror cósmico. Nos jogos, essa influência se deu por meio do famoso RPG “O Chamado de Cthulhu” e dele derivaram os mais diversos materiais de cenários de campanhas e suplementos. Até mesmo o mais famoso cenário de fantasia medieval brasileiro, Tormenta, carrega bastante de sua literatura com seus monstros rubros alienígenas capazes de enlouquecer suas vítimas.
Mas imaginem juntar os mythos da literatura de Lovecraft com a história do Brasil. Não sabe como isso ficaria? Então você precisa conferir o Nova Amsterdã RPG, cenário autoral de Raphael Lima e Gilberto “Joka” Olimpio, onde o folclore se mistura com os Mythos de Lovecraft, numa amálgama digna dos mais terríveis Shoggoths.

Nova Amsterdã: o minijogo

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima

Nesta quarta aparição do ano do Javali da Caixa do Lima, vamos falar mais sobre Nova Amsterdã (NA), e desta vez, trazendo um spoiler que tem ecoado nas redes sociais na última semana e que foi totalmente confirmado em uma entrevista para o Nerd Notícias.

Então, leitores desta mal assombrada coluna, chequem suas armas, decorem seus melhores encantos e se preparem para enfrentar abissais, shoggoths e crias negras de shub-niggurath em Nova Amsterdã, mas agora usando o nosso sistema mínimo, carinhosamente apelidado (por ainda não ter um nome) de Lima System.

Diário de um Game Designer #Parte1

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

Nesta segunda aparição do Ano do Javali da Caixa do Lima, nosso espaço de diálogos quinzenais no Mundos Colidem, venho motivado pela inquietação de alguns amigos, que pediram ajuda nessa empreitada de criar jogos. E os pedidos ficaram martelando em minha cabeça, enquanto preparava uma outra postagem — deixarei uma pista para ela ao longo do texto, e os que descobrirem podem postar no comentários.

Então, neste texto vamos tentar dar uma ajuda à galerinha que deseja se aventurar pelos caminhos de escrever jogos. E pretendo tentar dar uma luz com base na minha experiência no fazer jogos e suas mecânicas, mas longe de afirmar que o construir mecânicas e propostas tenha uma ferramenta única, tal como uma receita de bolo. Vamos começar com algumas dicas sobre o caminho que devemos seguir, para iniciar o processo.

Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes: Blades in the Dark

Salve, Salve trapaceiros! Eu sou o Joka e a Espaço Mítico desta semana traz para vocês as escuras, violentas e ousadas ruas de Blades in The Dark. Chame sua gangue e prepare seu refúgio, este novo Golpe com certeza dará certo…

Construindo Personagens e Cenários em Crianças Enxeridas

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

Retornamos a esta caixa de ideias em sua primeira aparição deste ano, da forma como terminamos o ano passado: falando sobre jogos autorais do Mundos Colidem. E já que o papo é sobre as nossas produções, vamos logo trazendo notícias sobre um dos jogos mais esperados deste coletivo, sim, senhoritas, senhoras e senhores, estamos falando do Nova Amsterdã (NA), um cenário que traz o mythos de Lovecraft para o Nordeste brasileiro durante a dominação holandesa, usando o sistema do Fate Acelerado.

E se você ainda não sabe o que é o Nova Amsterdã e ficou curioso com a sua proposta, este é o momento para aprender mais sobre ele.

Vamos às atualizações do NA: o texto está concluído e revisado, assim como as ilustrações feitas pelas mãos do talentosíssimo Miguel Rude e de algumas ilustrações adicionais de Leander Moura (como o mapa de Nova Amsterdã) e do Daniel Júnior (O Observador). O livro encontra-se em processo final de diagramação, sob a batuta do renomado Dan Ramos, correndo o risco de ficar pronto antes deste texto chegar ao conhecimento de vocês (calma, nós vamos dar uma segurada para ele só vir depois). Assim que o arquivo digital estiver concluído e passar pela avaliação final da equipe, ele será disponibilizado nas lojas virtuais do MC.

Mas enquanto isso não acontece, vamos falando de outros jogos autorais do coletivo — e nessa postagem, vamos conversar sobre Crianças Enxeridas.