Mundos Colidem na FLIQ 2019

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima. E no capítulo desta semana da Caixa do Lima, vamos conversar sobre a Oficina de RPG que realizamos na FLIQ Natal 2019, que foi um evento muito especial para o coletivo Mundos Colidem, com muitas emoções e momentos divertidos e onde tivemos uma receptividade maravilhosa da organização do evento. E como dizem que a primeira impressão é a que fica, é justamente o que podemos dizer da FLIQ.

Quando nos aproximávamos da sala de oficinas, encontramos uma fila e pensamos: “essa galera não pode está esperando para jogar RPG, com certeza não”. Sim, a fila era para participar da Oficina de RPG, e já aproveito o ensejo para pedir desculpas ao pessoal que não conseguiu uma vaguinha — tínhamos apenas 20 vagas, para os mais de 40 visitantes que procuraram a sala de oficinas do evento para rolar uns dados com os nossos mestres.

Zika Zombie 2.0 – Atualizações

Fala galera! Eu me chamo Helio Alcântara, mais conhecido pelos amigos do Mundos Colidem por Helinho do Japão! Sou o responsável pela grande estação das ilusões que nunca para, a nossa Estação das Brumas! Então se prepara, aperta o cinto e vamos começar a nossa viagem! Esta semana olhamos pela janela e vemos ruas torturadas com o fim do mundo enquanto os cadáveres ambulantes ainda tentam manter a sua rotina esquecida, quando não tentam comer o cérebros dos outros: Zika Zombie!

Ex-Zofreni: um minijogo de supers

Há quanto tempo, galerinha! Chegou o dia de nosso encontro e venho puxando do fundo da cachola algumas coisas bem bacanas de quando comecei no mundo do RPG. Esta semana apresento mais um mini jogo: Ex-Zofreni, um minijogo de Supers, um tema que vem se fortalecendo em séries e filmes que ganharam muito destaque na última década.

A Espada Mágica de Alforge: um minijogo de fantasia medieval

Salve, salve galerinha! Essa semana nos encontramos novamente e dessa vez lhes trago uma ideia que me veio à cabeça há algum tempo. Alguns anos atrás, eu assisti o filme: O Último Guerreiro das Estrelas, com meu sobrinho, na época com 11 anos. E ele me falou: “Tio, isso é igual ao jogo de RPG que vc e seus amigos jogam“. Na época, eu tentei explicar que não e as coisas se seguiram. Hoje, é possível notar algo bem comum nos mangas e animes com o gênero Isekai (Nota do Editor: Isekai significa literalmente “Outro Mundo” em japonês. No Ocidente ele é chamado em algumas mídias de Exilados), e então eu pensei em fazer algo parecido em um mini jogo simples e rápido, voltado para fantasia medieval. Então, vamos nessa.

Boku no Hero – Ficha de 5 vilões

Olá, galerinha!

Eu sou Helio Alcantara, mais conhecido como Helinho do Nipom! Sejam todos bem vindos ao nosso cantinho além do tempo e do espaço, na Estação das Brumas. Após a postagem de Boku no Hero Academia para Fate Acelerado, alguns amigos perguntaram como eu faria as fichas dos personagens do anime. Eu trouxe as fichas da turma 1-A, para vocês usarem em suas campanhas. Contudo, o tempo ficou curto e acabou que não conseguimos dar continuidade aos demais personagens. No entanto, agora com um pouco de tempo livre, trago para vocês cinco vilões para usarem em suas campanhas. Então, vamos seguir em frente.

Vale da Glória: Microcenário para Savage Worlds

Olá, Galerinha!

Sejam bem vindos à Estação das Brumas. Em nosso último encontro, eu trouxe para vocês o conceito de panteão que venho usando em minha campanha para Savage Worlds. Desta vez, apresento uma região que fiz para a campanha e que vocês podem usar em qualquer cenário. E claro, com qualquer sistema de regras.

Para ficar de fácil entendimento, segui o modelo de apresentação visto nos livros de Dungeons & Dragons.

Sejam bem vindos ao Vale da Glória!

Um Panteão para Savage Worlds

Olá, Galerinha! Sejam bem vindos à Estação das Brumas. Mil desculpas pelo hiato prolongado, mas o tempo está bastante curto ultimamente devido às responsabilidades do dia a dia. Contudo, finalmente consegui um tempinho, então aproveitei o período de férias e pus a mão na massa.

Savage Worlds é um sistema bem versátil, apreciado há bastante tempo por mim e outros autores aqui do Mundos Colidem. Comecei a jogá-lo desde o lançamento da primeira edição pela Retropunk Editora. É um sistema genérico que possui muito material e com vários suplementos, com bastante material publicado pela editora e produzido por fãs.

Há um tempo atrás eu comecei a narrar uma campanha de fantasia medieval e após consultar o suplemento de fantasia, percebi que é possível criar um panteão de forma bem simples para o jogo. Porém, senti falta de alguns elementos norteadores como os vistos em outros RPGs de fantasia medieval. O nosso encontro de hoje tem como proposta apresentar um panteão que utilizo em minha campanha, para mostrar como é fácil construir o seu próprio panteão.

Monstros de Final Fantasy XV para DCC

Olá, Galerinha! Eu sou o Helinho e sejam bem vindos à Estação das Brumas. Nossa viagem esta semana continua seguindo pelo mundo fantástico do Dungeon Crawl Classics – DCC.

Monstros para DCC

Olá, Galerinha! Sejam bem vindos à Estação das Brumas. Nossa viagem esta semana continua seguindo pelo mundo fantástico do Dungeon Crawl Classics – DCC, desta vez trazendo novas regras para monstros.

Raças para DCC

Olá Galerinha! Sejam bem vindos à Estação das Brumas. Peguem seus tickets e procurem um assento aconchegante, nesse lugar que é feito de idéias e sonhos, pois nossa viagem está para começar! Fiquem de olhos e ouvidos atentos para não perder nada desta bela paisagem do tempo: nossa próxima parada nos leva ao passado com o Dungeon Crawl Classics ou simplesmente DCC. Eu sou Helio Alcântara, ou, como os amigos me chamam, hhtotal.