Tradução do Quick Quest, o minijogo da 5e de autoria do Giffyglyph

Olá, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e, no capítulo de hoje da coluna Lugar Nenhum, eu trago a tradução do Quick Quest, um minijogo OGL 5e de autoria do Giffyglyph!

Cortex: Marvel Heroic Roleplaying

Olá a todos os que ainda insistem em procurar alguma novidade sobre esta coluna — suas preces foram atendidas! Como diria o amigo Raphael Lima, as quests e sub-quests da vida me impedem de postar com qualquer forma de frequência e eu acabo focando apenas no trabalho de editoria do site e de diagramação dos nossos minijogos. Mas hoje eu resolvi quebrar o jejum, atualizando um post da versão original do Mundos Colidem, sobre um dos meus sistemas favoritos, cuja nova versão acaba de sair no Kickstarter: Cortex.

Mini Ficha para D&D quinta edição

Oi, gente! Normalmente, eu não sou o cara que traz novidades de D&D, mas atendendo a pedidos, fiz a tradução e adaptação (com a consultoria do sempre operoso Leishmaniose) da Mini Ficha de Dungeons & Dragons Quinta Edição para português, no formato A5 (ou seja, duas fichas por folha de papel A4).

Aliás, foi o próprio Leishmaniose quem encontrou ficha original (em inglês), mas não encontrou o nome de seu criador. Então, se alguém o conhecer, por caridade avise, para que ele possa perguntar sobre uma versão personalizada para magias (hehehe)…

Espero que gostem.

Ficha Dungeons & Dragons

Concurso Alphaversos – Indo ao encontro do mais forte!

Olá,

Saudações, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e no capítulo do Lugar Nenhum desta semana faremos uma breve pausa na Dobradinha Naruto, realizada em parceria com a Santuário do Mestre do Tio Lipe, para falar um pouco dos cenários do Mundos Colidem no Concurso Alphaversos organizado pelo site RPGista!

O que rolou na semana Yang (05 a 11 de março) do Mundos Colidem

Olá,

 

Um Auspicioso Domingo a todos! Há algum tempo eu vinha conversando com o pessoal do site Mundos Colidem sobre a realização de uma postagem nos finais de semana que desse uma palhinha sobre o que foi postado na semana anterior. Assim, o pessoal que não pôde nos acompanhar durante a semana e que tem um tempo mais livre no final de semana poderia se inteirar sobre o conteúdo que foi apresentado. Além disso, a postagem também relataria sobre alguns projetos do grupo, eventos e “otras cositas más” – como dicas rápidas e extras. O pessoal curtiu a ideia e hoje tem início este microprojeto no site Mundos Colidem.

Como Treinar seu Sistema I: Adaptando Regras

Olá,

 

Saudações, 2d8 leitores! Trago esta semana pra vocês um artigo que escrevi para o site Toca do Hutt, em meados de 2013. Na verdade, ele foi o primeiro de um pequeno grupo de artigos que pretendiam auxiliar na adaptação de mecânicas de alguns sistemas para outros. Ou seja, não será uma adaptação da animação Como treinar seu Dragão, da produtora Dreamworks, pra algum sistema de RPG. Na verdade, é um trocadilho com adaptações (treino) em sistemas tradicionais (dragões, em homenagem ao D&D – Dungeons & Dragons – o mais tradicional dos sistemas de RPG).

Mundos Colidem

When Worlds Collide é o nome de um livro de ficção científica do ano de 1933, de autoria de Philip Wylie e Edwin Balmer. O livro narra uma história em que um cientista prevê o choque de outro planeta com a Terra, causando uma devastação que a destruiria completamente. Essa talvez não seja a mais antiga referência a um título sobre a colisão de mundos, mas certamente é a mais clássica e uma das mais conhecidas no meio da ficção científica, chegando a influenciar diversas obras que surgiram depois, dentre elas Flash Gordon e Superman. Além de uma continuação, a história do livro invadiu os cinemas em 1951 – sendo conhecido aqui no Brasil como “O fim do mundo”. Depois disto, o título e a sua corruptela “Worlds Collide” passaram a ser utilizados em várias outras mídias, embora cada vez menos se conhecendo a referência: Worlds Collide foi o título de uma saga entre o universo DC e o universo Milestone, bem como do crossover entre Megaman e Sonic nos quadrinhos da Archie, também foi o nome do sexto álbum da banda Apocalyptica e o nome da música tema da final do campeonato de League of Legends do ano de 2015. E esse foi o nome escolhido por Petras Furtado, ao iniciar um blog em 07 de agosto de 2009, conforme suas próprias palavras: