O Senhor dos Anéis FAE – Regras de Corrupção

Saudações, camaradas!

Venho mais uma vez dialogar com vocês sobre um assunto que é muito pertinente à minhas últimas postagens, o Fate; mais precisamente o Fate Acelerado — para os íntimos, FAE. Minha relação com o FAE começou em meados de 2015 quando o “Alto Sumo Sacerdote do Fate”, Petras Furtado, me apresentou ao sistema. Nunca fui muito adepto de sistemas genéricos, mas desde o primeiro encontro, isso mudou. Continuei como jogador até meados de março de 2016, quando decidi me aventurar a  narrar no sistema e desde então estou me aprofundando nele, aprendendo coisas novas e dando vida a algumas coisitas que eu queria narrar.

Contra os Vingadores: Mestres do Mal

Dando continuidade à série de versões em Fate Acelerado dos maiores inimigos dos Vingadores nos quadrinhos, chegamos à vez dos Mestres do Mal. Aproveitem!

Tokusatsu para Savage Worlds (Savage-Satsu)

Olá galera, hoje na Coluna Pontos de Ignição, dando um descanso no cenário, trago a vocês hoje uma adaptação para Savage Worlds de um dos temas que estouraram nos anos 80 e 90 no Brasil — e vou apresentar de forma resumida a história desse estilo de show live-action japonês e umas regras rápidas para começar a jogar com seus amigos.

Nova Amsterdã 1646: O Mythos chega ao Nordeste holandês

Saudações, Camaradas!

Venho essa semana dialogar com vocês sobre um novo projeto, e uma nova parceria. Primeiro vamos falar do projeto, que nasceu na necessidade de juntar dois temas que me são particularmente atrativos: o universo de Lovecraft e a história do Rio Grande do Norte, meu estado natal. Em meados de 2010 eu tinha dado início ao projeto Nova Amsterdã — uma crônica para Vampiro: Idade das Trevas, que gerou um romance dividido em onze capítulos, dos quais os cinco primeiros foram postados no blog original do Mundos Colidem. Espero futuramente compilar todo o material para publicar nesse novo espaço. Mas apesar da experiência ter produzido todo este material, ela não alcançou o resultado desejado, pois faltava algo. A boca ainda salivava.

Adaptações

Oi, talvez você não tenha ouvido falar de mim, mas é possível que tenha ouvido falar do meu blog original (que coincidentemente, tem o mesmo nome deste site, Mundos Colidem). Eu falava sobre RPG, sobre cinema, sobre quadrinhos, sobre mim mesmo. Na verdade, era principalmente sobre RPG, mas resolvi não falar só disso, depois de acumular experiência com uns três blogs anteriores e alguns anos de RPG, quase que exclusivamente como narrador. Depois me juntei a alguns amigos para não fazer isso sozinho.

Não sei se isso me dá algum tipo de autoridade, mas com certeza garantiu algum XP.

Marvel Battle Scenes para Fate Acelerado

Saudações, Camaradas!

O Mundos Colidem está de cara nova e novos colaboradores, cada um como regente de sua própria dimensão imaginária, onde molda seu mundo à sua imagem e semelhança. E este é meu espaço, o Nomos.

Gostaria de abrir esse novo ciclo de postagens falando sobre o tema que encerrou o ciclo anterior, o Fate Acelerado – FAE.

Vocês conhecem o Marvel Battle Scenes, ou BS? Trata-se de um cardgame nacional produzido pela COPAG, com temática de super-heróis do universo Marvel e lançado em meados de 2013. Atualmente, encontra-se na sua 9ª edição (Ascensão e Queda). Nele, dois oponentes se enfrentam usando decks de 60 cartas repletos de heróis, habilidades, cenários e suportes. O vencedor é aquele que primeiro conseguir 15 pontos — que são referentes aos pontos de vida dos personagens vencidos.