Tradução do Quick Quest, o minijogo da 5e de autoria do Giffyglyph

Olá, 2d8 leitores! Eu sou o Leishmaniose e, no capítulo de hoje da coluna Lugar Nenhum, eu trago a tradução do Quick Quest, um minijogo OGL 5e de autoria do Giffyglyph!

Giffyglyph

Giffyglyph é a alcunha adotada por um produtor de conteúdo para D&D 5ª edição, cujos materiais você pode conferir em seu site, clicando aqui. Sua obra mais conhecida é o Darker Dungeons, um suplemento de 112 páginas com regras opcionais para personalizar seus jogos de D&D e deixá-lo com um estilo completamente diferente.

No Darker Dungeons, que você encontra gratuitamente no site do autor clicando aqui, você encontra regras para raças, classes, explorações, viagens, ferimentos e até regras para deixar o seu jogo com maior letalidade sem muito esforço.

O material do Darker Dungeons é bem redondinho e o Giffyglyph até está trabalhando para deixar materiais no roll 20 compatíveis com as regras do Darker Dungeons para quem quiser utilizar essa proposta, como você pode conferir clicando aqui.

Além do Darker Dungeons, há o Monster Maker, um material de 85 páginas para alterar e criar monstros para a 5ª edição, além de algumas regras alternativas que possam deixar os seus encontros mais diversificados.

E o melhor é que além do pdf disponível gratuitamente, há um aplicativo que funciona no navegador que te auxilia a montar o seus monstro personalizado na hora, já fazendo alguns cálculos básicos, você só precisa marcar as opções, como você pode conferir clicando aqui.

Um dos seus projetos em andamento atualmente é o Class Compendium. A ideia consiste em poder personalizar as classes, deixando com elas mais próximas do estilo de jogo que você deseja, com regras opcionais e até submodelos de classes opcionais.

Ainda está em andamento, mas você já pode ter uma palhinha sobre as propostas, clicando aqui. Além disso, o site do Gifyyflyph também possui um rolador de tabelas aleatórias para os mais diversos usos.

E tudo isso em uma política de Pague o Quanto Quiser, disponibilizando gratuitamente e possibilitando apoio ao trabalho dele tornando-se um apoiador pelo Patreon (clicando aqui) ou pagando um café pelo Ko-fi (clicando aqui).

Ele pretende também trazer outros materiais futuramente, como um material para personalizar raças, artefatos, itens mágicos e otras cositas más, tudo para D&D 5ª edição.

Quick Quest

O Quick Quest surgiu devido à necessidade do Giffyglyph de jogar utilizando plataformas online, devido à pandemia. Então, ele precisava de um conjunto de regras muito simples que o auxiliasse na execução de jogos em qualquer situação.

E assim nasceu o Quick Quest, um minijogo de uma página para jogos mais ágeis e narrativos. Podendo ser usado em jogos de baixa fantasia, alta fantasia, horror, ficção científica, entre outros gêneros e estilos de jogos.

É um sistema que possui elementos de rápida associação de quem vem do d20. Bom para aventuras curtas, introduzir novos jogadores e crianças ao hobby. Ótimo para aqueles que desejam jogos descompromissados, sem toneladas de regras.

Infelizmente, assim como todo o material criado pelo Giffyglyph, o Quick Quest está em inglês. O que diminui muito a acessibilidade para uma parte dos jogadores que não têm essa familiaridade com o idioma estrangeiro.

Por isso, eu solicitei ao senpai Petras uma tradução do Quick Quest. Ele é muito ocupado e está cuidando de diversas coisas das produções do Mundos Colidem, mas por ser algo simples, ele conseguiu encaixar na agenda. E aqui estamos nós.

Você pode baixar a tradução do senpai, clicando aqui. Caso alguém queira o material no idioma original, ele está disponível em duas versões, colorida e amigável para impressão, clicando aqui.

Observações Finais

Quem acompanha a coluna pode estar estranhando esta postagem, já que raramente eu trabalho com traduções. Entretanto, o material do Giffyglyph é muito bom e eu acredito que ele mereça ser conhecido, até mesmo aqui nestas terras tupiniquins.

Ele mostra, sem muitas delongas, como a 5ª edição do D&D pode ser maleável e auxilia na personalização dos jogos de quem deseja uma experiência de jogo diferente do tradicional proposto pela 5ª edição, sem precisar sair da 5ª edição.

Desde que, obviamente, não deixe de ser um jogo de aventura e com foco em combate, como é a real proposta do D&D — o D&D apenas usa uma roupagem medieval devido ao Chainmail ser medieval, mas seu estilo é de ação e aventura, encaixando-se com qualquer roupagem que mantenha o estilo.

Há também uma esperança de que, por ter seu trabalho conhecido por aqui, o número de apoiadores da terrinha aumente e, quem sabe, assim como ocorreu com outros trabalhos em outras mídias, como Pepper & Carrot, os materiais do Giffyglyph sejam futuramente traduzidos para o português e disponibilizados por ele.

Creio que seja isso. Até daqui a 15 dias.

Bonanças.

Atenciosamente,

Leishmaniose

(Surpreso por ter escrito algo com menos de mil palavras…)

0 Comentários

  1. thitosays:

    obrigado pela matéria. muito legal conhecer isso.

  2. Ótima iniciativa e recomendo a todos conhecerem o site do Giffyglyph.

  3. Everson Alvessays:

    Muito legal!
    Bem minimalista, justamente o que eu busco hoje em dia!!!

  4. Dan Sevensays:

    Muito obrigado por mais esse material incrível, achei o sistema bem legal, e como o sistema e a ficha só ocupam uma folha ficou perfeito pra ensinar crianças a jogar, e a identidade visual também ajudou muito.

  5. Felipesays:

    Cara, obrigado! Ganhei o dia com essa matéria! Tenho um grupo de amigos/jogadores que não aceita sair do D&D5 pra conhecer outros jogos; mas com esse material eu vou poder “sair da caixinha”. Bonanças.

Deixe uma resposta