Lugar Nenhum e o Índice do D&D Five-Ô

Olá,

Eu sempre tive um problema com introduções e apresentações, então mesmo sabendo que alguns me acompanham aqui desde a época do Toca, ainda assim demorei meia hora, dois sanduíches e um copão de suco para encontrar o tom de escrita que eu desejava na primeira postagem da terceira encarnação do Lugar Nenhum. Aos que não me conhecem, eu sou o Leishmaniose e este é o Lugar Nenhum, o plano dimensional que utilizo para escrever sobre RPG: cenários, sistemas, teoria do RPG e “otras cositas más”. Aos que me conhecem, é aqui que ando me refugiando. E aos que me conhecem e conhecem o Lugar Nenhum, continuaremos com aquela programação de sempre cheia de maniosices e um pouco de “JAM Session” (sessão de jazz que se toca de improviso) porque ainda há de surgir o dia em que conseguirei escrever um post com antecedência – sim, 2d8 leitores, estou escrevendo isso na madrugada, again, usando de improviso, again, tendo que acordar daqui a pouco, again. O mesmo de sempre.

Uma visão geral dos livros de técnicas narrativas

Esta semana retornamos com uma postagem antiga mas com uma nova roupagem para somar-se a discussão do Guia para Narradores Iniciantes I e II. Aqui, a nossa proposta é fazer uma pequena visão geral sobre os livros de técnicas narrativas que acreditamos serem de leitura imprescindível e que podem trazer interesse aos velhos e novos narradores à ampliar suas capacidades de narração. E em cada um dos livros abordados nesta postagem, há um link para uma resenha mais aprofundada feita aqui mesmo pela Espaço Mítico no intuito de socializar aos narradores brasileiros suas ideias.

Ficha de personagem preenchível para Fate Acelerado

…e para acompanhar a ficha de personagem de Fate Acelerado, temos uma versão que pode ser preenchida e salva com seu conteúdo, bem aqui.

Terraplana 3

Sejam bem vindos ao Ponto de Ignição, O local onde tudo tem inicio e onde tudo pode acabar (ou se juntar em algo novo), veremos nessa seção de mundos em adaptação a criações de raças e criaturas novas ou antigas ressurgidas das cinzas de mundos que foram esquecidos no tempo e no espaço.

Liga da Justiça Ilimitada

Quem não gosta da Liga da Justiça? E em Fate Acelerado, na versão do desenho clássico de Bruce Timm, com uma pitadinha da nova adaptação cinematográfica. Aqui.

Marvel Battle Scenes para Fate Acelerado

Saudações, Camaradas!

O Mundos Colidem está de cara nova e novos colaboradores, cada um como regente de sua própria dimensão imaginária, onde molda seu mundo à sua imagem e semelhança. E este é meu espaço, o Nomos.

Gostaria de abrir esse novo ciclo de postagens falando sobre o tema que encerrou o ciclo anterior, o Fate Acelerado – FAE.

Vocês conhecem o Marvel Battle Scenes, ou BS? Trata-se de um cardgame nacional produzido pela COPAG, com temática de super-heróis do universo Marvel e lançado em meados de 2013. Atualmente, encontra-se na sua 9ª edição (Ascensão e Queda). Nele, dois oponentes se enfrentam usando decks de 60 cartas repletos de heróis, habilidades, cenários e suportes. O vencedor é aquele que primeiro conseguir 15 pontos — que são referentes aos pontos de vida dos personagens vencidos.

Avatar: A Lenda de Aang

Saudações Camaradas!

No último mês de maio, eu publiquei uma adaptação de Avatar: a Lenda de Aang para o Fate Acelerado – FAE. Aproveitando o ensejo, iniciei uma campanha para ir fazendo os testes da proposta e as possíveis correções, e enriquecer um pouco mais o texto nomeado como primeira edição. Após algumas sessões de um mês de testes, venho trazer para vocês o texto que humildemente chamamos de 1ª edição revisada, quem vem com mais especificações para a criação de personagens, dobradores ou não, trazendo um resumo das regras do FAE, e com o foco exclusivo na Lenda de Aang, pois estamos pensando em futuramente fazer um suplemento para A Lenda de Korra.

Avatar: A Lenda de Aang, o sucesso de animação da TV para Fate Acelerado, download nas versões em PDF e Epub.

Ficha de Personagem para Fate Acelerado

Ficha oficial de Fate Acelerado, em PDF e tamanho A4 (com duas fichas ajustadas para a a página). Clique aqui.

O Enclave do Arquimago

Saudações, nobres aventureiros e vis malfeitores.

Sejam bem-vindos ao Enclave do Arquimago, as ruínas de uma cidade flutuante caída em algum ponto da selva amazônica, que encerra um número incontável de tomosmágicos e mundanos – e portaisnem todos confiáveis – que levam a qualquer parte do multiverso.

Mundos Colidem

When Worlds Collide é o nome de um livro de ficção científica do ano de 1933, de autoria de Philip Wylie e Edwin Balmer. O livro narra uma história em que um cientista prevê o choque de outro planeta com a Terra, causando uma devastação que a destruiria completamente. Essa talvez não seja a mais antiga referência a um título sobre a colisão de mundos, mas certamente é a mais clássica e uma das mais conhecidas no meio da ficção científica, chegando a influenciar diversas obras que surgiram depois, dentre elas Flash Gordon e Superman. Além de uma continuação, a história do livro invadiu os cinemas em 1951 – sendo conhecido aqui no Brasil como “O fim do mundo”. Depois disto, o título e a sua corruptela “Worlds Collide” passaram a ser utilizados em várias outras mídias, embora cada vez menos se conhecendo a referência: Worlds Collide foi o título de uma saga entre o universo DC e o universo Milestone, bem como do crossover entre Megaman e Sonic nos quadrinhos da Archie, também foi o nome do sexto álbum da banda Apocalyptica e o nome da música tema da final do campeonato de League of Legends do ano de 2015. E esse foi o nome escolhido por Petras Furtado, ao iniciar um blog em 07 de agosto de 2009, conforme suas próprias palavras: