Encontro Aleatório

Olá Aventureiros !

Eu sou o mestre Quiral, e esta é a coluna da Festa dos Mestres do Mundos Colidem. No capítulo de hoje, eu trago um assunto que considero bem interessante para ser tratado em campanhas: Qual a relevância de um encontro aleatório?

 

É muito comum, principalmente em RPGs old school ou da linha OSR, você ter tabelas com sorteios de encontros aleatórios, que podem variar de jogo pra jogo, mas praticamente todos têm alguma proposta. O D&D 5e não foge à regra, tanto o Dungeon Master Guide como outros suplementos de D&D 5e trazem várias tabelas e mecânicas para aplicação de encontros aleatórios.

O meu ponto aqui é que isso não deve ser aplicado de forma leviana, pois uma mecânica de encontro aleatório aplicada sem uma proposta serve apenas para preencher espaço de jogo, o que pode resultar em uma grande perda de tempo. Para isso, eu trago uma resenha que fiz sobre o assunto neste vídeo, onde exponho algumas estratégias que acredito contribuir mais para uma campanha onde se aplicam mecânicas de encontros aleatórios:

O nosso XP aqui é tentar evitar que se use encontros aleatórios sem um propósito prático. Existem várias ferramentas legais para se pensar em consequências eficientes nessa utilização e esse tipo de pensamento vale para qualquer sistema que você esteja jogando.

Até a próxima, e lembre-se: TUDO É XP.

 

 

Deixe uma resposta