Crianças Enxeridas RPG: arquétipos e habilidades em Gravity Falls!

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

Saudações 3d4-2, Crianças Enxeridas que acompanham essa coluna traquina, conhecida na comunidade como A Caixa do Lima. Neste segundo encontro do ano de 2020 continuaremos falando sobre Crianças Enxeridas RPG (ainda não conhece?). No capítulo anterior desta coluna, falamos sobre Crianças Enxeridas RPG: jogando Hilda e usando o atributo sobrevivência, onde apresentei os variados usos para o atributo Sobrevivência em sua mesa de jogo, com base na experiência em uma partida que joguei com a minha filhota Marianna.

O Crianças Enxeridas RPG tem duas propostas, a primeira é ser um livro com abordagem didática para iniciantes, usando de uma escrita simples, onde um grupo que está tendo o seu primeiro contato com o RPG, vai poder pegar o livro, ler e jogar. A segunda é emular cenários de investigação infantil e até adolescentes, como Hilda, Gravity Falls, Stranger Things e Scooby-doo. E para alguns desses cenários, os quatro arquétipos básicos do jogo são para personagens infantis, mas o narrador pode inserir mais alguns arquétipos aumentando o leque de personagens jogáveis. É o que pretendo fazer nessa adaptação para Gravity Falls, apresentar novos arquétipos e inserir habilidades dos personagens na mecânica do sistema.

Antes de adentrar no texto da adaptação, gostaria de fazer uma rápida reflexão sobre creditar e valorizar o trabalho do outro, pois o fato de uma parcela da comunidade ignorar uma produção, não significa que ela não exista. É frequentemente avistado nos grupos pessoas ignorando trabalhos que já existem sobre um determinado tema, para tentar emplacar em alguns casos um de qualidade inferior, apenas por ser o seu favorito. Não é feio citar os dois, e deixa o leitor decidir qual deseja ler/jogar. Como produtores de conteúdo, temos que ficar atentos a esse tipo de postura, pois muitos dos que produzem são fontes de referências para inúmeros mestres e jogadores por todo o país.

Voltando à postagem, e ainda sobre creditar as ideias aos seus idealizadores, fico muito feliz em dizer que o motor imóvel desta postagem é do Ricardo Mallen e sua Padawan que jogaram uma aventura em uma adaptação para Gravity Falls em um dos encontros do D30 (grupo que organiza encontros bimestrais de RPG em Brasília). Troquei uma ideia com a dupla, que me falou da adaptação que a Padawan construiu, e com as ideias desta conversa e mais algumas coisas que pensei, montei esta adaptação que dedico a eles.

Gravity Falls

Gravity Falls é uma série animada de Alex Hirsch, lançada em 2012 e produzida pela Disney e disponível no Brasil atualmente no Netflix. A série conta as aventuras dos gêmeos Dipper e Mabel Pines de 12 anos que são enviados para passar as férias de verão em uma cidade mágica, misteriosa e cheia de segredos e fenômenos paranormais, com o seu Tivô Stan.

Os gêmeos passam as férias ajudando o Tivô no seu negócio, A Cabana do Mistério, um ponto turístico de Gravity Falls e local de partida para todas as investigações dos irmãos Pines. Tudo é misterioso, e as coisas começam a se confirmar quando Dipper encontra um diário na floresta. Em suas investigações as crianças são ajudados por Soos, funcionário do Tivô Stan e o faz tudo da Cabana do Mistério, além de Wendy uma adolescente de 15 anos que trabalha de caixa e faz o coração de Dipper balançar.

Novos Arquétipos

Crianças Enxeridas RPG possui quatro arquétipos na sua proposta: Esportista, Nerd, Líder e Café com Leite. Esses arquétipos são os básicos encontrados em temáticas de aventuras infantis, e podem ser usado em Gravity Falls, mas em uma adaptação para este cenário, é interessante abrir o leque de possibilidades, para que os jogadores tenham a opção de jogar com personagens de outras faixas etárias, e com outras abordagens.

Arquétipos para Gravity Falls:
  • Artista: a vida precisa de um pouco de arte, e quando os problemas não são solucionados pela força, vai nas habilidades artísticas. Uma canção, uma pintura ou demais manifestações artísticas podem ser usadas para vencer as adversidades. E até para compreender o desafios colocados por meios de enigmas. Alguém pensou na Mabel? Eu pensei;
  • Cientista: construir e desconstruir máquinas, usar e compreender artefatos é a especialidade do cientista. Abrir portais dimensionais e trazer monstros para destruir o nosso planeta também. Exemplo: Stanford Pines e Fiddleford Hadron “Velho” McGucket;
  • Descolada/o: todos amam a descolada, ela tem as melhores ideias de brincadeiras e coisas para fazer, embora quase sempre acaba em problemas. Mas uma coisa é verdade, quando o assunto e diversão, a descolada é a melhor opção. E quando os problemas surgem, a descolada geralmente se encarrega da parte pesada do serviço. Exemplo: Wendy Corduroy;
  • Faz tudo: pilotar lanchas, consertar antenas de tv, sabe como vencer zumbis e onde o tiozão guarda o lanche. Esse é o Faz Tudo. Sempre está pronto para resolver os problemas, mas com uma gambiarra que sempre pode dar errado, mas que geralmente dá muito certo, ou quebra logo após o problema ter sido solucionado. Exemplo: Soos Ramirez;
  • Investigador/a: quando coisas misteriosas começam a acontecer, alguém precisa começar a investigação, e geralmente sozinho, pois quase ninguém acredita em suas teorias. E mesmo assim a cada passo ele encontra uma nova pista do mistério que os demais não conseguem ver. Exemplo: Dipper Pines;
  • Tiozão: piadas sem graças, roupas sem sentido, desculpas esfarrapadas e ideias mirabolantes, esse é o Tiozão. Mas apesar de parecer inofensivo, o Tiozão sabe sobre a história e todos os segredos do local, além de ser sempre o salvador das crianças na hora que as coisas ficam ruins de verdade. Exemplo: Tivô Stan.

Habilidades

Em Crianças Enxeridas RPG cada arquétipo base está relacionado a um atributo do qual ele faz as rolagens desse atributo com vantagem: Esportista/Corpo, Nerd/Mente, Líder/Carisma e Café com Leite/Curiosidade. Nessa adaptação para Gravity Falls, vamos inserir a mecânica de habilidades para os personagens, onde cada um dos personagens terá três habilidades, que os mesmos vão escolher, e que devem ser correlacionados com seus arquétipos e anotar na ficha. E cada vez que uma dessas habilidades puderem ser usadas em cena, os jogadores farão as rolagens com vantagem.

Exemplo: Petras está jogando com o personagem Tivô Stan, ele possui o arquétipo Tiozão, e as habilidades: Sei de todos os segredos, Bom de Briga e Levo qualquer um no papo. Sempre que estiver em uma ação, onde pode usar uma das suas três habilidades, ele vai rolar 2d20 e ficar com o melhor resultado, ao invés de rolar apenas um dado.

Como já é tradição no Mundos Colidem, deixamos as fichas dos personagens principais da série para download: Dipper, Mabel, Tivô Stan, Soos e Wendy.

Conclusão

Gravity Falls é uma obra pela qual tenho um carinho especial, e só vim conhecer a mesma após a publicação do Minijogo do Crianças Enxeridas (dezembro/2018). Gravity Falls tem todas as referências que maravilhosas para uma mesa de RPG ambientada em cenário de investigação infantil. Além da série animada, Gravity Falls possui quadrinhos e demais referências, e um dos materiais de apoio a obra que desejo fazer um destaque importante, é o Diário Perdido 3 de Gravity Falls, que contém informações essenciais para uma campanha ou aventura além de apresentar personagens, monstros e artefatos mágicos. SE VOCÊ QUER JOGAR AMBIENTADO EM GRAVITY FALLS, É ESSENCIAL TER O DIÁRIO 3. Todas essas referências a obra podem ser encontradas em português nos melhores sites de vendas de livros.

Na próxima postagem vamos manter essa sequência de abordagens a atributos e mecânicas possíveis em Crianças Enxeridas RPG, vamos falar sobre mecânicas sanidade em Stranger Things, para você que deseja enfrentar o Demogorgon ou seres do Mythos de Cthulhu.

Até breve!

😉

0 Comentários

  1. Yurisays:

    Muito interessante, mas faltou o arquétipo Café com leite. Ou já existe no sistema?

    • Leishmaniosesays:

      Olá,
      Já existe no Sistema. 😀
      “Crianças Enxeridas RPG possui quatro arquétipos na sua proposta: Esportista, Nerd, Líder e Café com Leite.”
      Bonanças.
      Atenciosamente,
      Leishmaniose

Deixe uma resposta