Terraplana 3: Arquétipos do cenário

Bom galera, espero que tenham gostado do que tenho descrito do cenário — se ainda não leu a ambientação do cenário e o conto de introdução, ainda está em tempo. Hoje venho até vocês um pouco atrasado, é verdade, mas foi para que melhorias fossem feitas. Os arquétipos serão apresentados de forma temática e como sei que vocês desejam desbravar o mundo lá fora, começarei pelos desbravadores: Os pilotos de Mecha e um exemplo de Mecha além dos Avataris (como são chamados os usuários de avatares no cenário) com um exemplo de avatar.

Mas antes de falar dos arquétipos, vejamos as peculiaridades sobre as regras do cenário.

O básico sobre maldições

Saudações, aventureiros.

Inspirado pelo jogo The Witcher 3: Wild Hunt, hoje vou trazer à pauta um elemento muito interessante das histórias de fantasia e que poderiam ganhar ainda mais espaço nas mesas RPG: as maldições.

Neste artigo apresento as mais relevantes referências sobre maldições contidas nos três livros básicos da quinta edição de D&D e apresento os três principais tipos de maldições, de acordo com o Cenário de Campanha de Ravenloft.

Batatas Rústicas do Nono Mundo

Olá, caro viajante; seja muito bem-vindo à Taverna no Fim do Multiverso. Eu sou Gilgan, seu anfitrião. Espero que esteja sendo bem atendido. Posso lhe servir alguma coisa? Ah, quer o mesmo que aquele viking barbudo da mesa ao lado? Ótima escolha. É um dos pratos mais intrigantes da casa, que chamo de Batatas Rústicas do Nono Mundo. Por que leva este nome? Ah, que bom que perguntou.

Fichas de Personagens Icônicos de Avatar: Lenda de Aang

Para acompanhar a adaptação de Avatar: A Lenda de Aang para Fate Acelerado, nada melhor que as fichas dos protagonistas (e alguns antagonistas também), aqui. E algumas fichas em branco estilizadas, aqui.

Licantropos para D&D 5.0

Olá,

Saudações, 2d8 leitores! E chegou novamente a semana Yin e, juntamente com ela, mais um capítulo do Lugar Nenhum. Em tese, este capítulo deveria ter saído ontem, segunda-feira, mas eu tive problemas técnicos que resultaram no adiamento pra hoje, terça-feira – e felizmente a terça-feira da semana Yin está livre, o que permite que eu possa postar sem atrapalhar alguma outra coluna. Explicando um pouco nosso funcionamento, aqui no Mundos Colidem cada coluna é quinzenal, as postagens são regularmente de 15 em 15 dias para cada coluna. Na primeira semana, que chamamos de semana Yang, temos a postagem do Enclave do Arquimago na segunda-feira, Nomos na terça-feira, Ponto de Ignição na quinta-feira e Espaço Mítico na sexta-feira. Na segunda semana, que chamamos de semana Yin, temos a postagem do Lugar Nenhum na segunda-feira, da Encruzilhada dos Mundos na quinta-feira e da Taverna no Fim do Multiverso na sexta-feira. As quartas-feiras, sábados, domingos de ambas as semanas e a terça-feira da semana Yin ficam livres pra postagens ocasionais e atrasos, como é o meu caso neste segundo capítulo. E prometo que vou me organizar para que o terceiro capítulo saia sem nenhum tipo de imprevisto.

Vingadores: Guerra Civil para Fate Acelerado

Há algum tempo atrás, eu havia feito uma adaptação em Fate Acelerado dos Vingadores, como vistos no seu primeiro filme da Marvel. Com o recente sucesso de Capitão América 3: Guerra Civil, alguns leitores pediram uma atualização dos personagens. Que agora reposto aqui.

Terraplana 3: Ambientação

Bom, galera, antes de começar, queria falar um pouco de como vai ser o Terraplana. O sistema que usarei para apresentar será o Savage Worlds e os posts serão curtos e com enfoque em determinados elementos dessa ambientação. Portanto, sem enrolação, vamos lá.

Narrando na Terra Média

Saudações, Camaradas!

No próximo dia 21 de setembro de 2016 — amanhã — será o 79ª aniversário da publicação de O Hobbit pelo mestre Tolkien. E para comemorar essa data, reapresento a vocês esse artigo que saiu originalmente no ano de 2015. Também o reapresento pela ocasião do evento Dia do Hobbit, que ocorrerá em Natal, na Arena Geek, onde ministrarei a palestra que leva o nome desse artigo.

Pontos de Magia

Alguns cenários de campanha já exploraram formas alternativas de conjurar magia, como na caixa Netheril: Empire of Magic, que utiliza a variante pontos de magia. Embora ligeiramente diferente, a quinta edição também apresenta esta opção e é sobre este sistema que vamos falar no artigo de hoje.

Resenha: Banquete de Gelo e Fogo

Olá, caro viajante; seja bem-vindo à Taverna no Fim do Multiverso. Eu sou Gilgan, seu anfitrião, e estarei mostrando belos e deliciosos pratos, capazes de agradar a orcs e elfos. Aqui você encontrará receitas de petiscos fáceis de preparar, para acompanhar uma bela aventura, além de dicas de leitura relacionada ao mundo da gastronomia e jogos ou apenas uma boa conversa para acompanhar aquele belo pernil de javali — igual ao que nosso amigo bárbaro naquela mesa mais ao fundo está comendo.

Como este é nosso primeiro encontro, trago uma dica que, tenho certeza, agradará seu gosto por boas histórias e ao seu estômago faminto: Banquete de Gelo e Fogo – O Livro Oficial de Receitas de Game of Thrones, que traz, como o nada sutil título indica, receitas dos pratos que são citados nos livros da série.