Batatas Rústicas do Nono Mundo

Olá, caro viajante; seja muito bem-vindo à Taverna no Fim do Multiverso. Eu sou Gilgan, seu anfitrião. Espero que esteja sendo bem atendido. Posso lhe servir alguma coisa? Ah, quer o mesmo que aquele viking barbudo da mesa ao lado? Ótima escolha. É um dos pratos mais intrigantes da casa, que chamo de Batatas Rústicas do Nono Mundo. Por que leva este nome? Ah, que bom que perguntou.

Terraplana 3: Ambientação

Bom, galera, antes de começar, queria falar um pouco de como vai ser o Terraplana. O sistema que usarei para apresentar será o Savage Worlds e os posts serão curtos e com enfoque em determinados elementos dessa ambientação. Portanto, sem enrolação, vamos lá.

Pontos de Magia

Alguns cenários de campanha já exploraram formas alternativas de conjurar magia, como na caixa Netheril: Empire of Magic, que utiliza a variante pontos de magia. Embora ligeiramente diferente, a quinta edição também apresenta esta opção e é sobre este sistema que vamos falar no artigo de hoje.

Resenha: Banquete de Gelo e Fogo

Olá, caro viajante; seja bem-vindo à Taverna no Fim do Multiverso. Eu sou Gilgan, seu anfitrião, e estarei mostrando belos e deliciosos pratos, capazes de agradar a orcs e elfos. Aqui você encontrará receitas de petiscos fáceis de preparar, para acompanhar uma bela aventura, além de dicas de leitura relacionada ao mundo da gastronomia e jogos ou apenas uma boa conversa para acompanhar aquele belo pernil de javali — igual ao que nosso amigo bárbaro naquela mesa mais ao fundo está comendo.

Como este é nosso primeiro encontro, trago uma dica que, tenho certeza, agradará seu gosto por boas histórias e ao seu estômago faminto: Banquete de Gelo e Fogo – O Livro Oficial de Receitas de Game of Thrones, que traz, como o nada sutil título indica, receitas dos pratos que são citados nos livros da série.

Terraplana 3

Sejam bem vindos ao Ponto de Ignição, O local onde tudo tem inicio e onde tudo pode acabar (ou se juntar em algo novo), veremos nessa seção de mundos em adaptação a criações de raças e criaturas novas ou antigas ressurgidas das cinzas de mundos que foram esquecidos no tempo e no espaço.

O Enclave do Arquimago

Saudações, nobres aventureiros e vis malfeitores.

Sejam bem-vindos ao Enclave do Arquimago, as ruínas de uma cidade flutuante caída em algum ponto da selva amazônica, que encerra um número incontável de tomosmágicos e mundanos – e portaisnem todos confiáveis – que levam a qualquer parte do multiverso.