É possível ter uma experiência “Old School” com o D&D 5e?

Olá Aventureiros ! Eu sou o Mestre Quiral do DM’s Party, e esta é a coluna da Festa dos Mestres no Mundos Colidem. No capítulo de hoje eu resolvi trazer uma discussão de proposta para se jogar D&D 5e, com uma pegada Old school. Mas antes de iniciar essa proposta, eu trago alguns pontos para contextualizar.

Moana: Um Mar de Aventuras para Fate Acelerado – Parte IV

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

Essa semana na Caixa do Lima, após um pequeno hiato devido a atividades acadêmicas do curso de História que necessitaram de toda a minha atenção, suor e sangue, retorno com as adaptações para Fate Acelerado, e dessa vez com a continuação de uma antiga e querida, que escrevi em meados de 2017, e que teve uma grande influência dos meus filhos na sua produção. Quem já anda por aqui há algum tempo, sabe que o FAE é o meu sistema queridinho, que apesar da preferência faz tempo que não dá as caras por aqui. Lima, Fate Acelerado? Sim, se é a primeira vez que você vê algo sobre Fate aqui no Mundos Colidem, sugiro dar uma olhada no nosso Índice Fate Mundos Colidem, o nosso catálogo desatualizado das postagens que envolvem o maravilhindo sistema da Evil Hat, lançado no Brasil pela Solar Entretenimento.

Mudando o ritmo de jogos de D&D ou Descansos longos e mais longos ainda

Chegando a mais um nível da Torre do Destino, eu sou João D seu anfitrião. Nesse andar aqueles que gostam de longos descansos e sonecas vão poder se sentir em casa. Nesse nível eu vou apresentá-los e falar um pouco sobre minha experiência com algumas variantes do Dungeons and Dragons (D&D) quinta edição (5ed) que são apresentadas no Dungeon Master’s Guide (Guia do Mestre de Masmorras ou DMG), mais especificamente sobre mudanças nos descansos e ritmos de jogo. Quer um D&D mais realista? Menos combates por dia? Fazer um slice of life (interações de dia a dia) com seus jogadores? Pois vamos adentrar esse andar, mas recomendo resistir as magias de sono.

Final Fantasy Tactics para 5ª Edição – Parte VI

Olá pessoas!
Aqui é o Tio Lipe e bem-vindos novamente ao Santuário do Mestre. Continuando minha adaptação de Final Fantasy Tactics (FFT) para D&D 5ª Edição, hoje apresentarei as regras de combate que devem ser usadas nesta adaptação, bem como os benefícios e as condições que podem afetar as personagens. Só lembrando que quando uma informação dos livros for citada, ela será apresentada da seguinte forma: “sigla do livro, página específica” (PHD, p.xxx); seja ela do Player’s Handbook (PHB) ou do Dungeon Master’s Guide (DMG).

Índice Final Fantasy Tactics 5ª Ed:

Krewes em Geist: Os Devoradores de Pecado

Olá leitoras e leitores!

Meu nome é Rosamante e nesta postagem continuaremos falando sobre a segunda edição Geist: os Devoradores de Pecado. Neste texto, eu irei abordar um tema extremamente importante nesta segunda edição: comunidade.

A Ferro e Fogo: Shenlong RPG (Sétima Parte)

Olá,

Eu sou o Leishmaniose e está é a coluna Lugar Nenhum do site do Mundos Colidem. E no capítulo de hoje, trago a sétima parte do Shenlong RPG, um hack para jogos do gênero Wuxia utilizando a 5E, a engine do D&D 5ª edição.

Índice do Shenlong RPG:

Parte I: Prelúdio, Código Social, Proposta, Ritmo, Horizonte, Alinhamento e Interlúdio.

Parte II: Conceito, Antecedentes, Distinções, Atributos e Raças.

Parte III: Classes.

Parte IV: Habilidades.

Parte V: Equipamentos.

Parte VI: Relíquias.

Parte VII: Rituais.

Final Fantasy Tactics para D&D 5ª Edição – Parte V

Olá pessoas!
Aqui é o Tio Lipe e bem-vindos novamente ao Santuário do Mestre. Continuando minha adaptação de Final Fantasy Tactics (FFT) para D&D 5ª Edição, hoje abordarei sobre os equipamentos, itens mágicos e artefatos que poderão ser encontrados em Ivalice. Só lembrando que quando uma informação dos livros for citada, ela será apresentada da seguinte forma: “sigla do livro, página específica” (PHD, p.xxx); seja ela do Player’s Handbook (PHB) ou do Dungeon Master’s Guide (DMG).

Índice Final Fantasy Tactics 5ª Ed:

Analisando suplementos de D&D – Enfrentando a metafísica filosófica

Caros leitores sejam bem-vindos de volta. Depois de um descanso mais longo do que o usual, passei por algumas tempestades pessoais, estamos de volta a nossa escalada na Torre do Destino. Ao entrarmos nesse estágio vou voltar um pouco a discussões iniciais dessa coluna. Mas, não iremos nos voltar a entraves do sistema e suas nuances matemática, vou dessa vez discutir um pouco sobre como temperar um cenário ou campanha de D&D utilizando alguns suplementos do DM’s Guild (Guilda dos mestres numa tradução pessoal). Começando com o Mindphlayers and Metaphysicians. Está curioso com o que tem no livro? Vamos lá.

Jornada ao Quilombo: um Jogo sobre Escravidão, Sonhos e Liberdade #Parte 2

Olá, eu sou o Lima, Raphael Lima.

No episódio desta semana da Caixa do Lima, vamos dar sequência ao artigo do último encontro, que falava sobre o Jornada ao Quilombo: Um Jogo Sobre Escravidão, Sonhos e Liberdade, construído durante minhas aulas sobre cultura e história dos povos afro brasileiros nas turmas do 6º ano do ensino fundamental. Com base no retorno dos leitores, vamos apresentar a aventura pronta do jogo, para os que desejam testar a sua funcionalidade, lembrando que este jogo tem o intento de rodar rapidamente e que a aventura carrega tabelas com situações aleatórias.

Zika Zombie – Manual do Sobrevivente de um Apocalipse Zumbi

Olá galera, eu me chamo Helio Alcântara, mais conhecido pela galera do MC como Helinho do Nipom. Nesta semana o nosso encontro marca um momento muito especial de uma das minhas sessões de RPG do passado (não tão distante).

Amarrem os cintos e sigam a viagem!